4 práticas essenciais para manutenção do seu telhado

4 práticas essenciais para manutenção do seu telhado

O telhado é considerado uma das partes estruturais mais importantes de uma edificação, uma vez que ele garante o conforto e a segurança da residência. E devido à sua importância, é preciso ficar atento aos danos que essa estrutura pode sofrer, já que as falhas no telhado podem comprometer todo o imóvel.

Como sempre frisamos, as manutenções preventivas são a melhor saída para evitar problemas maiores em edificações, por isso continue a leitura e descubra informações importantes em relação à manutenção do telhado da sua casa!

Importância da manutenção periódica

Como se sabe, os telhados ficam expostos a diversas intempéries climáticas, como chuvas, raios solares, ventos e variações de temperatura, por isso a manutenção preventiva em telhados deve ser realizada anualmente para que seja possível analisar todos os seus componentes básicos (estrutura, telhas, calhas e rufos), verificar se a estrutura está adequada, se há telhas quebradas ou vazamentos e, se necessário, realizar os reparos, evitando dores de cabeça futuras.

Dessa forma, a manutenção periódica evita que problemas maiores se espalhem para outras estruturas da casa, como pode acontecer no caso de problemas com os rufos, que geralmente levam à infiltração, ou até mesmo em caso de queda parcial ou total da estrutura, o que implica até mesmo grandes riscos à vida das pessoas que convivem no espaço.

4 práticas essenciais na manutenção de telhados

Falhas na execução do projeto, produtos de qualidade duvidosa e fenômenos naturais estão no topo da lista dos principais causadores de problemas nos telhados e muitos são os impactos decorrentes desses problemas.

Imagine só: após longos períodos de chuva e ventania, as calhas — que têm a função de drenar a água — entopem devido ao acúmulo de sujeira. Esse pode até parecer um problema banal num primeiro momento, mas a água parada, somada aos resíduos sólidos acumulados, pode aumentar o peso na estrutura, o que a torna instável.

Outro exemplo é o caso de vigas e caibros de madeira que apodrecem devido à infiltração causada por problemas nos rufos. No caso de estruturas metálicas, por exemplo, a infiltração pode levar à corrosão do metal.

Então, para evitar esses problemas, siga as dicas apresentadas abaixo!

1. Limpe as principais estruturas regularmente

Faça uma limpeza das telhas, calhas e rufos regularmente, uma vez que esses elementos permanecem expostos às intempéries, evitando, assim, o acúmulo de sujeira e, consequentemente, os entupimentos, que impedem o escoamento da água pela calha.

2. Avalie o estado das telhas

As telhas, quando pensadas e selecionadas de acordo com o projeto de edificação, ajudam a manter o conforto térmico e a iluminação adequada, por exemplo. Então, vale a pena ficar sempre atento ao seu estado, verificando se apresentam passagem de luz, se possuem pontos de umidade, trincas ou qualquer outro tipo de irregularidade. Caso seja necessário, faça a troca da peça.

3. Faça a impermeabilização do telhado

Com a movimentação térmica causada pelo clima, os materiais utilizados nos telhados tendem a sofrer dilatação e contração, isto é, o aumento e a diminuição de volume, sendo essa movimentação algo natural. Dessa forma, dependendo do material, já que alguns são mais elásticos que outros, pode haver falhas irreversíveis, como as famosas fissuras e trincas.

Dessa forma, a impermeabilização é indispensável para um bom funcionamento do telhado, isso porque esse processo faz com que as telhas absorvam menos água, evitando também vazamentos. Portanto, faça sempre a impermeabilização como forma preventiva e também para reparar os problemas que surgirem.

4. Pinte as telhas

Outra grande dica para garantir a durabilidade do seu telhado é realizar a pintura das telhas, que, além de valorizar a edificação, garante um bom funcionamento da estrutura, uma vez que, sem tinta, as telhas adquirem manchas escuras que desvalorizam as peças e a fragilizam.

Neste artigo, você pôde compreender a importância da manutenção dos telhados, seja de forma preventiva ou corretiva. O ideal é sempre ficar atento e, quando necessário, realizar os reparos necessários. Além disso, redobre os cuidados caso seja necessário andar sobre as telhas e, se precisar, conte com pessoal especializado para realização dos consertos.

Quer ficar por dentro de outros assuntos da área de construção civil? Então siga o Mercadão da Obra nas redes sociais e acompanhe nossas publicações: estamos no Facebook e Instagram!